Autazes

 
 
 
História

Situado entre os rios Madeira, Amazonas, Solimões e Baixo Purus, essa região já era conhecida nos meados do século XVIII. Habitavam-na então os índios Muras, famosos por sua ferocidade.

 

O Madeira, rio de tão longo curso, e que também banha Autazes começou a ser explorado, poucos anos após a expedição de Pedro Texeira que se realizou em 1637, por coletores de cacau (nativo na região) e demais produtos naturais. Quando na sedição dos cabanos, iniciada em Cametá, na Província do Grão-Pará e que depois se estendeu a todo território dessa unidade do Império, desenrolaram-se, nos Autazes vários combates entre as forças legalistas e os rebeldes, entre os anos de 1836 e 1839.

 

Nos últimos meses de 1835 os cabanos estavam próximos às fronteiras da Comarca do Alto Amazonas, em Icuipiranga, perto do Tapajós.

Em 06.03.1836, os cabanos desembarcaram em Manaus, tomando posse do governo da comarca exercendo o mesmo durante 8 meses. Em 06.08.1836, houve reação em vários pontos da Comarca. Primeiro em Tefé e, ainda no mesmo ano em Mariuá

.

Em fins de fevereiro ou principio de março de 1837, os legalistas investem sobre o reduto dos rebeldes travando vários combates entre as forças, com o agravamento dos combates no mesmo ano.

 

Durante os anos de 1838 e 1839, ocorreu a predominância de cabanos em Autazes e outros pontos da comarca. Só com a decretação da anistia ampla poder-se-á por fim à rendição.

 

Esta anistia foi decretada a 04.11.1839 aos cabanos com a deposição de armas.

 

O Decreto-Lei nº 176 de 01.12.1938 ratifica a organização territorial administrativa do Estado definidas em outros instrumentos legais anteriores, que criaram 28 municípios entre eles o município de Itacoatiara, com os distritos de Itacoatiara e Ambrósio Ayres, em homenagem àquele que se empenhou com tanta bravura e onde finalmente perdeu a vida em defesa da Lei e da ordem.

Ambrósio Ayres é atualmente o distrito sede do município de Autazes, criado pela Lei Estadual nº 96 de dezembro de 1955, com território desmembrado de Itacoatiara e Borba, sendo instalado definitivamente em 03 de Março de 1956, tendo seu primeiro prefeito nomeado pelo governador do Estado, o Sr. Aldimar Marinho Sampaio.

 

 
Significado do Nome

 

O nome de Autazes, dado à região há muitos anos e estendido município quando criado, provêm dos rios Autaz-Açu e Autaz-Mirim que irrigam o seu território.

 
 
Gentílico: autazense
 
Aniversário da Cidade

 

 
População
33 312 habitantes
 
Eventos Importantes
Festival Folclórico (22à 25 de junho)
Festival do Leite (23 à 30 de novembro)
Festas Religiosas (Junho)
- Santo Antônio
- São João 
- São Pedro
 
Pontos Turísticos
Igreja de São Sebastião
Lago do Contrabando
Praia de Palmari
Praia do Igarapé do Bóia
Praias ao longo do Rio Javari, próximo à sede do município.
 
Informações Úteis
Prefeitura Municipal de Autazes
Rua Francisca Barroncas, S/N - Santa Luzia

Cep: 69. 204 - 000 Autazes-AM 

 


Telefone Gab. Prefeito: (92) 3317 - 1247

E-mail: governodeautazes@yahoo.com



Sede do PMDB Municipal

 
 
 
Ações do PMDB no Município:
 
 
 
 
 
 
 

 

 

Redes sociais

Curta nosso Facebook

Receba novidades

Cadastre-se e receba as novidades do PMDB no seu telefone.

Rua Sete,10- Conjunto Castelo Branco - Bairro Parque Dez de Novembro. CEP 69053-100, Manaus-AM.
Telefone/Fax: (92) 3584-1515 / 3643-2700
E-mails: pmdb@pmdbam.com.br
Copyright © 2014 - Partido do Movimento Democrático do Brasil - PMDB - Diretório Estadual . Todos os direitos reservados.